segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Espelho quebrado

Culpamos o mundo, o destino e até mesmo as Escrituras, mas esquecemos do principal culpado por nossos fracassos: o reflexo do espelho. Domingo (09), ao descer da região serrana, como de costume, mais um veiculo cortou reto na curva e despencou com sua carga, numa, das muitas ribanceiras da BR-262, e também como de costume, lá estavam os saqueadores de cargas.

Incrível como existem felizes com a desgraça alheia. Em julho, também na BR-262, na altura da ponte sobre o Rio Cavalo, próximo a Pedra azul, também observei o saque da carga de um caminhão; e o mais absurdo: o riso bestial estampado na face dos saqueadores.

Especificamente no saque de domingo, chamou-me a atenção que alguns saqueadores eram pais retornando do almoço comemorativo ao Dias dos Pais nos restaurantes e hotéis da região. Um exemplo e tanto que alguns estavam dando para os filhos que observava o pai herói retornando bandido com a carga roubada.

Depois culpamos os políticos, o tal Sistema, sem enxergar o reflexo do espelho.

2 comentários:

Paulo Vitor disse...

Concordo plenamente somos responsáveis pela caminhada da humanidade, e devemos parar de creditar às forças metafísicas responsabilidades que são nossas.Muitas vezes tampamos o espelho pois o reflexo é muito forte.

João Galama disse...

Talvez espelho algum resista ao que vai ser decomposto pelos elementos, junto aos restos de um caminhão... Muito mais limpo e conciso que tal caminhão aplicasse seus freios no seu destino final! E que de modo algum encontrassemos desgostosos, espelhos partidos e pilhagens concretas no nosso caminho! E que espelhos sejam cedidos enfim as damas para que batons nos enfeitem olhares!