quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Hora do recreio, Brasil

Desde 1º de janeiro estadunidenses residentes no estado do Colorado já podem consumir legalmente cigarros e outros produtos derivados da Cannabis. A legalização do uso recreativo dos cigarros já ocorre na Califórnia e dentro dos próximos seis meses será estendida ao estado de Washington. A lei aprovada libera a comercialização em “Coffe shops” de até 28 gramas do “produto” à maiores de 21 anos, sendo que seu consumo para efeitos terapêuticos já é legal em 19 estados. 

Enquanto que na América Latina nosso (?) corrupto Brasil se mantém preso em um conservadorismo medieval, destoando dos demais. Chile e Argentina liberaram o cultivo caseiro da maconha, e recentemente o Uruguai de Pepe Mujica se apresenta na vitrine. Parece-me que estamos mais próximo do Sudão e da Tanzânia do que do Uruguai, com seus quase 100% de índice alfabetizados. 

A sociedade, só evoluí, quando esta, é livre e usa seus direitos com consciência. Pensar que a forma repressora do Estado é a solução para nossos males, é alimentar o sectarismo que nos consomem desde as caravelas quando aqui chegaram com a cruz e o canhão. 

Infelizmente, o povo brasileiro não é ousado, e seu (?) conservadorismo alicerçado em uma ditadura do medo bloqueia mudanças, como que satisfeito com o chicote que não vira o lado. Essa cultura do medo explica a democracia imposta, sustentada na chantagem do estômago, a qual nos impede enxergar a porta da liberdade de escolha.