segunda-feira, 20 de setembro de 2010

O povo quer e deseja Ficha limpa já!

Quase 250 postulantes à mandatos eletivos nas eleições de outubro de 2010 no Brasil já tiveram suas candidaturas barradas, contudo, o espectro da impunidade ainda paira sobre o Supremo Tribunal Federal (STF), que deve votar bem próximo das eleições do dia 3 de outubro os recursos dos barrados fichas sujas. A instância máxima do judiciário brasileiro, segundo noticiam alguns alternativos veículos de comunicação eletrônica, vem recebendo inúmeros recursos de candidatos(as) banidos no processo.

Duas peças estão sendo utilizadas nos recursos apresentados: à inconstitucionalidade da Ficha Limpa e de sua aplicação para o pleito de 2010, pois alguns pensamento jurídicos manifestam que a aplicabilidade da lei só valeria para o pleito de 2014.

O cenário atual é temeroso, tendo em vista a divisão dos ministros que compõem o Supremo Tribunal Federal; uns defendem a imediata aplicação da lei, já outros, somente para o pleito municipal de 2014. O STF está para julgar a constitucionalidade da Ficha Limpa a qualquer momento. A sociedade brasileira precisa agir rápido, e deixar claro para os ministros guardiões da lei que temos necessidade da imediata aplicação da lei no país dos mensalões e das cuecas recheadas.

A democracia brasileira, depois da rapidez na apuração dos votos, tornou-se vitrine para o mundo; agora pode marcar uma melhor presença com a necessária efetivação da Ficha Limpa já!. Lei aprovada graças ao esforço da sociedade brasileira que deposita a esperança contra a malversação de utilização da máquina pública.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal precisam entender que o povo não deseja que a corrupção continue a sombrear os ambientes públicos Brasil afora. Ficha limpa já.