segunda-feira, 20 de setembro de 2010

O povo quer e deseja Ficha limpa já!

Quase 250 postulantes à mandatos eletivos nas eleições de outubro de 2010 no Brasil já tiveram suas candidaturas barradas, contudo, o espectro da impunidade ainda paira sobre o Supremo Tribunal Federal (STF), que deve votar bem próximo das eleições do dia 3 de outubro os recursos dos barrados fichas sujas. A instância máxima do judiciário brasileiro, segundo noticiam alguns alternativos veículos de comunicação eletrônica, vem recebendo inúmeros recursos de candidatos(as) banidos no processo.

Duas peças estão sendo utilizadas nos recursos apresentados: à inconstitucionalidade da Ficha Limpa e de sua aplicação para o pleito de 2010, pois alguns pensamento jurídicos manifestam que a aplicabilidade da lei só valeria para o pleito de 2014.

O cenário atual é temeroso, tendo em vista a divisão dos ministros que compõem o Supremo Tribunal Federal; uns defendem a imediata aplicação da lei, já outros, somente para o pleito municipal de 2014. O STF está para julgar a constitucionalidade da Ficha Limpa a qualquer momento. A sociedade brasileira precisa agir rápido, e deixar claro para os ministros guardiões da lei que temos necessidade da imediata aplicação da lei no país dos mensalões e das cuecas recheadas.

A democracia brasileira, depois da rapidez na apuração dos votos, tornou-se vitrine para o mundo; agora pode marcar uma melhor presença com a necessária efetivação da Ficha Limpa já!. Lei aprovada graças ao esforço da sociedade brasileira que deposita a esperança contra a malversação de utilização da máquina pública.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal precisam entender que o povo não deseja que a corrupção continue a sombrear os ambientes públicos Brasil afora. Ficha limpa já.

2 comentários:

Anônimo disse...

Bem eu coloquei meu nome para um partido chamado PSOL minha candidatura foi indeferida, nunca fui politico, nem processado ou participei de falcatruas alias fiz uma denuncia de irregularidades, numa obra da Codevasf, ja fui nomeado perito pela jutiça federal em alguns processos e pasmem fui indeferido por causa de um homonimo, agora pergunto ha duas pessoas com mesmo nomemas não identidade, cpf,titulode eleitor mesmo pai e mãe emesmo lugar de nascimento,e residencia etc...so
no Brazil que iso acontece ainda apresntei uma certidão de um cartorio de brazilia mas não teve jeito. agora estou com vontade de ser terorista ou coisa parecida pois não da mais para se indignar tem que agir acabando com esta lai de bandidos que tomaram de assalto este pais e que se escondem atraz de um judiciario inoperante, corruPTo etc..

Fernando de La Mancha disse...

Carissímo anônimo, a luta é constante, e o caminho passa necessariamente pelo resgate da consciência coletiva; único instrumento capaz de ressuscitar emoções devoradas pelo Sistema monetário e competitivo reinante, que não mais explora o físico da classe operária, mas o mental. Precisamos ocupar os espaços que essa farsante democracia "ainda" permite; o cenário, embora desolador, propicia, face a facilidade de comunicação existente abarrotar o cyberespaço de Quixotes, que já não cavalgam mais solitário, pois se observa existir uma legião necessitando com sede de justiça. Sobre o Judiciário, infelizmente estamos longe, muito longe de sentir o Judiciário solidário às demandas das massas, tome por exemplo a polêmica do Projeto Ficha Limpa, que talvez sí seja apreciado após as eleições de 2010. E aqui no Espírito Santo, encontra-se adormecidos nos porões do palácio das injustiça (TJ-ES), mais de 600 processos que tratam de improbidade administrativa, alguns envolvendo agentes públicos que concorrem ao pelito eleitoral/2010. Não desanime! Armas temos de sobra, o que nos falta é resgatar a consciência coletiva, para que possamos traçar estratégias de médio e longo prazos para derrotar esse Sistema feudal de gerenciamento de nossas vidas.