quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Rastreando o boi para salvar o planeta

A queda no preço interno da carne bovina não é decorrente da crise econômica e sim ambiental. As grandes redes de supermercados, com nota também assinada pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), anunciaram a suspensão da compra de produtos bovinos vindos da Amazônia. Segundo foi divulgado pelo Greenpeace, na onda da pressão mundial para combater o desmatamento na Amazônia, o Banco Mundial cancelou um empréstimo concedido ao frigorífico Bertin um dos maiores do Brasil.

O Greenpeace também divulgou que grandes marcas de calçados anunciaram que não comprarão couro oriundo das áreas de desmatamento, dando destaque também para o frigorífico Mafrig, considerado o quarto maior do mundo, que divulgou à fornecedores que não adquirirá animais de áreas desmatadas.

Pelo visto, a queda do preço da carne bovina tem origem a não exigência da certificação dos produtos em nosso comércio interno, ao contrário dos nossos importadores, que por pressão dos clientes lá de fora, fazem exigência da certificação, que se traduz no rastreamento do produto consumido.

O dia em que atingirmos o grau de responsabilidade socioambiental tão necessário no mundo da avalanche tecnológica, exigindo certificação dos produtos consumidos, de forma individual estaremos contribuindo para melhoria da saúde de nosso planeta.

4 comentários:

Telma disse...

A pergunta que me fez uma senhora, dona de casa das mais fantásticas que já vi,apesar do precário grau de instrução escolar e que está entre meus contatos de e-mail, tendo recebido portanto o link desse post que encaminhei assim que li, foi a seguinte:
"Como faço para rastrear o boi, se só conheço a carne pela aparência, no "açougue do Alemão"?
Continue a lida, é para pensarmos....

Denilson disse...

Parabéns pelo texto e pela riqueza de informações. Isso só identifica o que está por de trás daquela picanha não tão suculenta assim que nos acostumamos a comer aos fins de semana.
Denilson

Anônimo disse...

Grande Fernando sempre muito informado e antenado, Rousseau teria orgulho de você, sua virtude cívica é exemplar.
Apareça.

Paulo Vitor disse...

Eu que assinei como anônimo é que descobri depois o jeito de postar sem ter que criar a conta no google.Sou analfabeto digital não repara não rsrs.Abraços parceiro.