quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

BraZil

Prenderam o Rei que tinha a visão Magôo. Todos usavam óculos no reinado. Para os que não enxergavam a ponta do nariz, óculos com paisagens pintadas nas lentes: praias, montanhas esverdeadas ou nevadas, e, até a intocável amazônica, tapavam a visão dos súditos com lentes coloridas.

O dia em que o Rei se permitiu ver pelos olhos do menino, enxergou sua nudez sem os rótulos de Vossa Majestade; todos os problemas, embora fantasiados de títulos e paisagens pagas, apareceram na retirada dos óculos.

Vamos ver se em 2009 passamos a enxergar a vida pelos olhos do menino. Há muita fantasia rodeando o Reinado Magôo em que nos encontramos.

Sobre o Rei, pouco se fala, mas dizem que já se encontra em liberdade, e como castigo, seguindo a tradição, recebe uma polpuda aposentadoria. A conta fica para os súditos, que a cada 365 dias sonham com o nascimento da esperança.

2 comentários:

Telma disse...

Não muito a acrescentaar, apenas uma frase de uma música me ocorreu: "BraZil, esquentai vossos pandeiros"...
Sarcasmo? Cinismo? Ceticismo? Já não sei mais... A maioria das pessoas se recusa a tirar os óculos, a "sair da matrix"...
Infelizmente....(ou não???)

Dofo disse...

Gostei... Na verdade adorei!!

Ainda vamos desenvolver um tratamento para a decadência humana. Só não sabemos se as pessoas vão querer receber o tratamento!