segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Eu, caçador de mim

Qual o profissional de nível superior surgirá se na saída das faculdades observamos o lobo devorando o homem? Que engenheiro, advogado, juiz ou pedagogo está se formando nas faculdades? Não há gentilezas, a disputa na saída, embora “invisível”, prevalece, suprimindo o valor à vida; todo o aprendizado desaparece num simples terminar de aula.

Carros seguem em comboio único, como se fosse um expresso da intolerância conduzido por bestas competitivas. Lobos montados em motos rasgam o pátio, com uma única visão: o portão de saída; sequer observam as ovelhas que buscam por seus veículos, até também se transformarem em lobos, ou melhor, bestas apocalípticas.

Quando esse homem não tiver mais com quem competir, devorará a si próprio, pois até o reflexo do espelho já se fundiu na cegueira da disputa.

7 comentários:

dr.vix disse...

Cumpre-me comentar... hoje não temos tempo para tomar o café da manhã em familia sem olhar para o relógio... não temos tempo de dormir... e no fim ficamos sem tempo de acordar... afinal, somos refens do tempo... mas podemos culpar o tempo? não! podemos culpar a tecnologia, culpar nossa familia e nos culpar... vi e presenciei os fatos que vc postou, fiquei indgnado, e proponho revoluções... se não com todos, que comecemos por "nós". Diego Rafael
P.S.: Adoro tecnologia, mas se saiu o que saiu acima, já era.

Dofo disse...

Pois é Fernando. A faculdade "moderna" não forma ninguém. Ela produz mais um. Só isso, mais um. Mais um para disputar, mais um para consumir compulsivamente. Mais um. Mais um pequeno tumor dentre outros. Não fique esperando uma rodinha "pós aula" de acadêmicos empolgados em, pelo menos, imaginar algumas soluções para nossa atual lógica autodestrutiva! E pensar que eu tenho que fazer faculdade também... Ninguém merece!

Dofo disse...

Ah! SURPLUS tá vindo ae! Acho que semana que vem já teremos a apoteose da indignação com relação ao óbvio: o direito elementar de se sentir vivo.

Fernando de La Mancha disse...

É quase o caminho Dofo... No geral, o problema não é o ensino, ele está na cultura do novo humanóide: o homo podiuns.

A regra geral é que observo os professores tentando extirpar os tumores, mas o antídoto é raro, ele se encontra na essência humana, o que é quase impossível neste atual mundo competitivo. Até arrisco, que para esses competidores humanos, a brincadeira do morto, vivo; vivo, morto ainda vai continuar em outras tantas visitas, pois crescimento humano, a riqueza espiritual, não se encontra na matrícula de um curso superior. A lógica que você visualiza é fato: estamos assistindo a autodestruição humana, pois todos perdemos.

Quanto ao documentário SURPLUS, vou torcer para que ele chegue ao alcance de meus olhos no carnaval; oportunidade que vou aproveitar e apresentar a amigos, que não estão ainda tanto na Matrix.

Valeu pela visita, e continue sendo esse sentinela visualizador do oculto do aparente.

eliane disse...

Em todo curso deveria haver a disciplina de Filosofia, obrigatória e com carga horária significativa!
A formação da ética profissional é uma necessidade urgente, nos dias atuais!

Eliane

Telma disse...

Deixando pegadas de minha passagem por seu blog (ao menos de uma delas), li-o até o texto em que vc faz sugestões ao "titular da pasta do lazer"... Além de dominar a escrita com talento ímpar, és político por natureza, sem perder-se das próprias e notáveis convicções....
Postei nesse texto, pois gostaria de endossar a fala da Eliane sobre as aulas de Ética (Filosofia), advertindo porém que infelizmente não teríamos uma melhora significativa nos comportamentos sociais contemporâneos. Os teus 'escritos' nos apresentam diferentes aspectos e nuances flagrantes de tal realidade.
É o que tento dizer desde sempre... Ninguém parece ouvir ou se importar, me refugio por aqui...rs...

valéria disse...

Entre a caça e o caçador existe os animais que nos ensinam que eles só matam para comer. E o homem, a que veio? É esse mesmo o seu papel devorar a carne com o prazer de ver o inimigo desfolado até a morte e rir de sua agonia. Espera aí, e no mundo animal (selvagem)? Até onde eu sei, eles lutam para delimitar espaço e defender a cria. Está no seu DNA! É um comportamento instintivo! E o homem, o que se encontra hoje no seu DNA? Estamos envoltos de lobos vestidos de cordeiros...Até quando...